7 de dez de 2010

VÍCIOS DA SOCIEDADE


Dentro de mim digo aos mais desavisados...
Quantos de nós constantemente dizemos à verdade que queremos?
Ah, deixem de ser hipócritas e realcem vossos defeitos e infortúnios também, digam a verdade a si próprios, quanto!!!
Ah, acreditem sim nas próprias mentiras, e se conformem também com a incompetência que vos envolvem, mas não enxergam...
Ah, não façam discursos demagógicos que valham a pobreza...
Ah, como se poderia explicar a todos vocês, ilustres árbitros da vida alheia, que condenam e clamam a verdade de alguém...
Ah, quantos que brincam com sentimentos alheios, mas na recíproca não admitem sofrer...
Ah, quantas culpas jogadas em ombros do par...
Ah, mas mesmo assim, se fosse abastado de proventos...
Ah, como seria se fosse alguém famoso...
Ah, com certeza os erros diante de uma sociedade hipócrita, falida e egoísta, seriam excentricidades.
Ah, quantos canalhas por aí a cercar...

Nenhum comentário: