25 de mar de 2010

LOCAL


Esse é o local
marcado com uma cruz
esse é o lugar onde ter e desejar
são coisas parecidas
afinal todos desejam serem libertos
desse lugar
mas a única coisas que temos aqui
são choro e medo
onde sacrificam os sonhos
em cruzes
na espera que ressuscitem


A escuridão
do medo
o desejo morto
de nunca sair daqui
é o perigo
minha alma onde está?
Por que estamos aqui?
Desta vez não vou me sacrificar
pois deixei minha alma em outro lugar
tão escondido e afastado
que me perdi nos medos.

8 de mar de 2010

ANDARILHO


Sentir-se só
no meio do calçadão
sem chinelos nos pés
sem nada nas mãos

Paisagens desvairadas
fim de tarde sublime
gente apressada,
o mesmo filme

A imagem é bela do vale
na lente,
mas no meio da multidão
um ser displicente.

Escrito em 17/05/2008

4 de mar de 2010

SINOPSE


Na teoria dos atos,
muitas falhas.
No dilema do todo,
algumas partes.
O que a ciência não explica..
vem de dentro.
Desnudos de alma
em frente ao espelho.
Percebe-se o quanto medíocre podes ser.
Razoável seria se o orgulho
não cobrisse a máscara do rosto.
Conhecer a si mesmo
é a tentativa perfeita
de entender o outro.