4 de mar de 2010

SINOPSE


Na teoria dos atos,
muitas falhas.
No dilema do todo,
algumas partes.
O que a ciência não explica..
vem de dentro.
Desnudos de alma
em frente ao espelho.
Percebe-se o quanto medíocre podes ser.
Razoável seria se o orgulho
não cobrisse a máscara do rosto.
Conhecer a si mesmo
é a tentativa perfeita
de entender o outro.

Nenhum comentário: