5 de dez de 2010

ALIENAÇÃO




Desfiz sem uso tudo o que sei
e o que não sei também
Pensei em um mundo que seria meu
se eu não fosse mais além
Contei verdades camufladas
com medo de ferir
e sofri mais do que ninguém
Por não saber e por saber demais
um dia pensei crescer
e já saber de tudo
E se não saber é viver em paz
por que não viver
cego, surdo e mudo?


Nenhum comentário: