21 de dez de 2010

INTO THE VOID




DENTRO DO VAZIO
(Osbourne, Iommi, Butler, Ward)
Motores de foguetes queimam o combustível ligeiramente
Subindo ao céu noturno, eles explodem
Pelo universo, o ronco dos motores
Esse poderia ser o fim do homem e o fim dos tempos?
De volta á terra a chama da vida queima lentamente
Em todos os lugares, miséria e aflição
A poluição mata o ar, a terra e o mar
O homem se prepara para conhecer o seu destino

Motores de foguetes queimam o combustível ligeiramente
Subindo ao céu noturno tão vasto
Metal ardente atravessando a atmosfera
A Terra permanece com preocupação, ódio e medo
Com as batalhas cheias de ódio e enfurecidas
Foguetes que voam em direção ao sol incandescente
Pelos impérios do vazio eterno
Liberdade do suicídio final

Combatentes da liberdade foram mandados para o sol
Fuja das mentes lavadas e da poluição
Deixe a terra, com todo o pecado e o ódio dela
Encontre outro mundo onde a liberdade espera
Além das estrelas em campos vazios inexplorados
Pelas proteções da escuridão onde eles encontram
Amor sobre uma terra, um mundo desconhecido
Onde os filhos da liberdade fazem a casa deles

Deixe a terra para Satã e os escravos dele
Deixe-os para o futuro deles na sepultura
Faça uma casa onde exista amor duradouro

Nenhum comentário: