23 de fev de 2010

EVOLUÇÃO



Não quero pensar no pavor da guerra
Ao ver o planeta assim
Os terremotos, vulcões aceleram
A tempestade à destruir.

Incêndios em muitos lugares
Fazendo tudo na terra aquecer
Tudo acontecendo em muitos lugares
E a terra sempre a tremer.

A evolução do homem
Constituiu este absurdo
O descontrole real à morte
O planeta explode, é o fim do mundo;

Aquecimento global,traz fome
As sementes não podem nascer
Temperaturas descontoladas
Este é o barco da sorte para morrer.

Nenhum comentário: