20 de set de 2009

DESTRUIÇÃO


Luzes acesas, água jorrando,
Derrubada de árvores, vamos desmatando,
Queimadas: matas inteiras vão-se devorando,
Rios e mares, poluição, tudo se acabando.

Verduras e frutas, legumes e boa comida,
Enfurnados em armazéns, deteriorando,
E o povo de fome perdendo a vida.
É o descalabro que só vai piorando.

Remédios guardados pra distribuição,
Burocraticamente aguardam solução,
E o povo morrendo sem ter salvação,
Porque na saúde só tem confusão.

Violência nas ruas, mortes em vão,
Em clima de guerra vive a população.
De quem é a culpa? Onde está a razão?
Na fome, no abandono, falta de educação.

E o planeta em que vive, seu lar,
O homem, esta peste, vai destruir.
Inteligência suprema, se ouve falar,
Uma grande mentira pra se discutir...

Nenhum comentário: